{ reflexão semanal }

Newsletter nº05 / 2021

Visões Para o Futuro em Tempos sem Precedentes

por Rick Boxx

Na respeitada e antiga revista Saturday Evening Post, Alexander Winton, um dos primeiros fabricantes de automóveis, escreveu acerca de como foi ridicularizado na década de 1890. Winton afirmou que o seu banqueiro o criticava severamente, instando com ele para que deixasse de falar sobre as suas «ideias loucas» de que os automóveis iriam um dia tomar o lugar dos cavalos como principal meio de transporte.

Ainda assim, anos mais tarde, Winton conseguiu construir e vender o seu primeiro automóvel com sucesso. É difícil imaginar hoje que alguém algum dia tenha duvidado do valor e da importância dos automóveis, mas esse dia existiu. Felizmente, Winton e muitos outros jamais deixaram de acreditar que uma «carruagem sem cavalos» fosse possível.

Eu creio que é Deus quem dá a algumas pessoas como Winton, e a muitos outros inventores e inovadores, uma visão clara sobre o futuro. Onde estaríamos hoje sem a presciência e a visão de pessoas como Leonardo da Vinci, Nicolau Copérnico, Galileu Galilei, Isaac Newton, Thomas Edison e Nikola Tesla? Ou de George Washington Carver, Alexander Graham Bell, Johannes Gutenberg, Rudolf Diesel e Michael Faraday?

Para muitas dessas pessoas, tempos sem precedentes levaram a avanços inimagináveis que, desde então, têm beneficiado a Humanidade ao longo de vários séculos. Talvez se lembre de indivíduos e de grupos de pessoas, na sua própria área de actividade, cuja sabedoria e percepção tenham levado a mudanças e melhorias importantes.

Mas essa visão não está limitada a invenções e inovações. No Antigo Testamento da Bíblia, lemos sobre Daniel, o profeta que também recebeu uma visão bastante específica para o futuro. No livro que recebeu o seu nome, lemos que Deus disse a Daniel: «Agora vim para fazer-te entender o que há-de acontecer ao teu povo nos derradeiros dias; porque a visão é ainda para muitos dias.» (Daniel 10:14).

Daniel e outros profetas, incluindo Isaías, Jeremias, Elias, Eliseu, Miqueias, Amós, Oseias e Malaquias, partilharam visões que Deus lhes tinha dado sobre o futuro. Estão registadas noutros livros do Antigo Testamento. Ao longo dos séculos, estas mensagens têm trazido esperança, têm motivado aqueles que crêem em Deus para realizarem grandes proezas, e têm ajudado a prover uma nova compreensão do Criador do Universo.

O profeta Isaías, por exemplo, escreveu: «No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor, assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo […] Então gritei: “Ai de mim, que vou perecendo! Porque eu sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios: e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!» (Isaías 6:1-5). Ele sentiu-se completamente indigno, mas compreendeu que Deus o chamava para desempenhar um papel especial. Quando Deus perguntou: «A quem enviarei, e quem há-de ir por nós?», Isaías respondeu: «Eis-me aqui, envia-me a mim.» (Isaías 6:8).

Isaías vivia em tempos incomuns quando teve esta visão. Nós também estamos a viver em tempos sem precedentes. Por isso, não devemos ignorar demasiado apressadamente aqueles a quem Deus deu uma visão para o futuro. Ignorar novas tendências pode ser prejudicial para o futuro das nossas empresas.

Noutra parte do livro profético, Deus diz a Isaías: «Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz: porventura não a sabereis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.» (Isaías 43:18-19). Está preparado para ver Deus a fazer uma coisa nova no seu trabalho — ou na sua vida? Que visão é que Ele poderá estar a dar-lhe que possa conduzir a um futuro melhor?

Partilha esta Reflexão

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
“Agora vim para fazer-te entender o que há-de acontecer ao teu povo nos derradeiros dias; porque a visão é ainda para muitos dias.” Daniel 10:14

Reflexões da Semana é um serviço da ASPEC – Associação de Profissionais e Empresários Cristãos, em colaboração com “CBMC International”. Para mais informações não hesite em contactar-nos.