O texto seguinte é um excerto de um devocional de John Piper.

Efésios 4:28

O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.

Existem três formas de viver e de nos relacionarmos com os bens materiais: (1) podemos roubá-los; (2) podemos trabalhar para os ter; (3) podemos trabalhar para os ter, com o propósito de dar e partilhar.

Muitos Cristãos estão nesta segunda forma de gerir os bens materiais. Encaramos o trabalho como algo valioso e mais íntegro do que roubar ou viver à custa de outrem, e agimos como que vitoriosos face a este objetivo, quando completamos um dia de trabalho e recebemos a recompensa honesta pelo tempo e esforço dedicados. Isto não é mau. Trabalhar é muito melhor do que roubar ou ser oportunista. Mas não é isso que o apóstolo nos diz para fazer.

Quase todas as influências na nossa cultura se focam no ponto 2: trabalha para ter. Mas a Bíblia impele-nos de maneira ousada para o ponto 3: trabalhar para dar. “E Deus é poderoso para fazer que lhes seja acrescentada toda a graça, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra.” 2 Coríntios 9:8

Porque é que Deus nos abençoa com abundância? Para podermos ter o suficiente com o que viver, e depois usar o restante para todo o tipo de boas obras que podem aliviar e suprir necessidades físicas e espirituais – temporais e de sofrimento eterno.
O suficiente para nós; a abundância para os outros.

O importante não é quanto uma pessoa ganha. Grandes indústrias e grandes salários são uma marca da nossa era, e não são necessariamente maus. O mal está no engano de que um salário gigantesco se deve traduzir num estilo de vida excêntrico e supérfluo.

Deus criou-nos para sermos condutores da sua graça. O perigo está em achar que a graça deve estar forrada a ouro. Não é verdade. Bronze é suficiente. Bronze consegue levar muitas coisas e ser bom condutor. E nesse processo de levarmos coisas maravilhosas aos outros, somos ricamente abençoados (Atos 20:35).

Fonte: https://www.desiringgod.org/articles/the-purpose-of-prosperity

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

16 − 5 =